terça-feira, 7 de agosto de 2012

FIXAÇÃO DA FORMA

O POETA MARGINAL





                   A forma não informa
                   não forma a poesia
                   a forma não informa
                   a mente vazia
                   nem toda forma
                   é vazia
                   mas forma que informa
                   é rebeldia
                   minha forma é cheia
                   de poesia
                   minha poesia anseia
                   a mente vazia.


                                                                          Erick Silva

Erick Silva

6 comentários:

  1. Mais um pauferrense...a poesia fervilha no auto-oeste, mais pela força alternativa da produção autoral que mesmo por recursos políticos ou insentivo privado...verdade Erick, a forma tem papel coadjuvante no poema, o sentido do texto é que deve se sobresair à dádiva estética, embora o engenho também encante. A catarse depende de ambos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yuri, vc já disse o que eu iria dizer... ;)

      Excluir
  2. Um metapoema sóbrio...faltou dizer isso, rsrsr!!!

    ResponderExcluir
  3. Isso mesmo... Sobriedade... rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Porta marginal é?! kkkkkkk
    A cultura eclodindo como uma flor em meio as rochas, assim estão esses meus amigos pauferrenses, Yuri, Sandrim, Erick, parabens galera.

    ResponderExcluir
  5. Pode crer. Muito bom mesmo. Sem mais palavras.

    ResponderExcluir